Páginas

Marcadores

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Consequência

Hoje estive no inferno,
Ali, diante de tantos condenados,
Estava eu.
Pude sair -benefício gozado por poucos-
Lugar de tristezas e dores.
Eu vi nos olhos deles o meu reflexo;
Não precisou de muito.
Vi um futuro próximo em
Que a solidão não é um castigo,
Mas a consequência de certas ações.
Morrer
Só...
Atormenta a todos.
Que triste, não ter alguém que
Te acalma com a simples presença,
O simples toque ou o som da voz.
Não haver o objeto de desejo recíproco.
Não dividir as desventuras da vida,
E as aventuras, é claro!
Do inferno eu pude ver:
Solidão!

Nenhum comentário: